Terça, 09 Setembro 2014 21:00

Pastoral da Sobriedade João Paulo II

A Pastoral da Sobriedade busca implementar ações de serviço que promovam a vida, em comunhão com os irmãos, acolhendo todos, sem distinção de credo, raça, cor, status social, através do diálogo, do amor infinito do Pai, anunciando a ação que abra literalmente as portas da prisão, neste caso, os vícios, e lhes devolve a liberdade, abre seus olhos, trazendo-os das trevas para a luz.
Linhas de atuação da Pastoral
Prevenção – para quem nunca experimentou drogas. Prevenir contra o uso de drogas ilícitas ou lícitas. Intensificar esforços para a construção de relações interpessoais positivas e harmoniosas. A família é, sem dúvida, a referência principal de cada ação de prevenção.
Internação – para quem experimentou droga esporadicamente. Os pais devem investigar qual o motivo que está levando o filho a usar droga. Tentar descobrir quais reais necessidades de seu filho, que muitas vezes estão ligadas à falta de amor e de autoestima. A pastoral é uma fonte segura de apoio e sustentação, tanto para a família como para o usuário de drogas.
Recuperação – para quem já se tornou um dependente químico. Este é um doente que necessita de ajuda para obter a cura. É necessário perceber o dependente químico dentro de seu ciclo de vida, de suas relações familiares e sociais, entender que o dependente químico e a família necessitam de ajuda. Para que se conduzir uma eficaz ação de recuperação, é necessário resgatar preventivamente os valores humanos do amor e da vida, os únicos capazes, sobretudo iluminados pela fé religiosa de dar significado pleno a nossa existência.
Reinserção – para aqueles dependentes químicos em sobriedade. Para que a recuperação aconteça de forma completa, é necessário que o dependente em sobriedade reconquiste seu lugar na família, no mercado de trabalho e na sociedade.
Atuação Política – implementação de ações integradas no combate à produção, ao tráfico e ao consumo de drogas. 

- Coordenadora: Maria José Cordeiro Fone: 3327-1277 – 8448-2323
- Reunião: às terças-feiras, no horário das 20h às 22h, na Sala 10 do Centro Catequético
Publicado Publicado em Pastorais e Movimentos